Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Concurso Novo Logotipo ONG | Leigos para o Desenvolvimento

 

Escolher o novo logótipo é o objectivo do concurso agora lançado pela organização não governamental católica Leigos para o Desenvolvimento.

 

O momento da abertura do concurso surge numa altura em que a organização assinala o seu 25º aniversário, sendo que as comemorações têm início no próximo mês de Abril.

 

As propostas poderão ser apresentadas até ao dia 28 de Fevereiro.

 

O autor do logótipo escolhido receberá um prémio monetário no valor de 1.000 euros.

Consulta o Regulamento em
http://www.fecongd.org/noticia.asp?noticiaid=33573&tipo_id=240

Workshop de Interpretação para Cinema, Publicidade e TV com Cristina Cavalinhos e João Cabral

 

O principal objectivo deste workshop será fornecer conhecimentos específicos sobre a técnica de representação para imagem. No final, o aluno deverá possuir um método para a boa execução da personagem.

Dirigido a jovens entre os 18 e 35 anos com forte motivação para aprender a arte de representar, este workshop com duração de 24 horas aborda a questão do actor e da imagem, das marcações e movimentações no plano e no set, olhares e eixos. A filmagem em continuidade multi-câmara e filmagem descontinua com uma câmara, a importância da relação em equipa, quer com realizador como com os restantes actores
O espaço do decor, guarda-roupa, caracterização e adereços da personagem. Serão ainda efectuados exercícios práticos que serão gravados e visionados. Como trabalho final será estudado e memorizado um guião escolhido para trabalho final.

Cristina Cavalinhos formadora deste workshop, é licenciada em teatro e educação pela “Escola Superior de Teatro e Cinema” em Teatro, trabalhou como actriz com vários encenadores: Miguel Falabella, António Pires Cristina Carvalhal, Francisco Salgado, Alfredo Brissos, Álvaro Correia, João Mota, Adriano Luz, Gastão Cruz, Elisa Lisboa, Luís Miguel Cintra, Fernando Gomes, entre outros. Em Televisão participou em dezenas de séries e telenovelas, destacando dos seus trabalhos “Damas e Valetes” (TVI), “T2 para 3”, (RTP e Internet), “Deixa-me Amar” (TVI), “Liberdade 21” (RTP), “Vingança” (SIC), “Aqui Não Há Quem Viva!” (SIC), “Floribella” 1 e 2 (SIC), “Morangos com Açúcar” (TVI) além de várias séries de Moita Flores, Nicolau Breyner e Herman José. No Cinema, destaca-se “A Passagem da Noite”, de Luís Filipe Rocha, “Só Por Acaso”, de Rita Nunes e “Os Cavaleiros de Água Doce”, de Tiago Guedes, SIC. Tem ainda percurso significativo em Publicidade, Dobragens, Direcção de Actores e no ensino artístico.

João Cabral tem licenciatura em teatro do Conservatório Nacional de Lisboa (1980-85). E frequenta o mestrado de teatro da ESAD. Em 1982 começou a sua actividade como actor. Em televisão salienta o seu trabalho nas produções "Mau Tempo no Canal", "A Banqueira do Povo", "Jornalistas", "A Mulher do Ministro", "Jura". No cinema participou em filmes de João Canijo, Rosa Coutinho Cabral, Fernando Lopes, Jorge António, Fernando Matos Silva, Francisco Manso. No teatro participou em peças encenadas por Mário Feliciano, Rosa Coutinho Cabral, Carlos Avilez, Diogo Dória e José António Pires, entre outros.

Dirigiu e encenou o Grupo de Teatro do ISCSP. Foi professor de Expressão Dramática na Escola Secundária Passos Manuel. Fez parte das equipas de dobragens de Teresa Madruga e de Teresa Sobral. Dirige o grupo Ultimato de Teatro universitário da FPCEUL.

 

Para mais info consulta o site Restart

Encontro com Pedro Zamith | WHO Galeria | Agência de Talentos Criativos

 

De 4 a 26 de Fevereiro, na WHO galeria mora o talento dos 47 artistas da Academia úniQa e de tantos outros convidados especiais.


Esta exposição surge no seguimento de uma campanha criada pela ativism e em que artistas WHO se disponibilizaram para personalizar máquinas de café Qosmo da Delta Q.

De entre as conversas e encontros de artistas para o mundo inteiro realizar-se-á, amanhã pelas 14h30, um encontro com Pedro Zamith, ilustrador consagrado, que vai falar do seu percurso académico/profissional e como conseguiu adquirir um estatuto de artista consagrado, incentivando artistas emergentes a seguir o seu percurso profissional.

Os interessados em participar devem enviar um e-mail (com nome e contacto) para aviva@who.pt.

 

Informa-te sobre o calendário e actividades em http://www.mydeltaq.com/Default.aspx?ID=1456.

Cochaise ao vivo na RESTART 28 de Fevereiro pelas 19 horas

 

A RESTART, Instituto de Criatividade Artes e Novas Tecnologias vai receber os Cochaise no dia 28 de Fevereiro pelas 19 horas.

Entre Lagos e Lisboa, os Cochaise estão agora no tempero final do seu primeiro registo de escuta e preparam-se para colorir palcos por toda a galáxia.


A música dos Cochaise é algo caseiro, que pretende ter esse som: o de casa. É feito em família e é por isso um som familiar e de conforto, chegando porventura ao intra-uterino. Curioso, afável, um pouco tenso, mas feliz.

Acedem a percussões de menor pressão acústica e evitam os sons digitais, usam as habituais guitarradas, e outras que tais. Acaba por ser algo intuitivo com aquilo que se tem no lar, nada megalómano, embora por vezes se torne épico, ou epopeico.

Cláudia (voz, percursões, sensibilidade feminina)
Sambado (88 instrumentos, delirio criativo)

Alex (guitarras, percursões, inconformismo)
Johnny (baixo, teclados, irreverência juvenil)

Fernando (bateria, baixo, razão eminente)

A não perder na Restart.

MYSPACE
www.myspace.com/cochaise

ANIMAÇÃO CULTURAL RESTART
ENTRADA LIVRE

Cristina Cavalinhos e João Cabral leccionam Workshop de Interpretação para Cinema, Televisão na RESTART em MARÇO

 

A RESTART, vai realizar um workshop de Interpretação para Cinema Televisão nos dias 5, 6 e 12 de Março.
A formação estará a cargo de Cristina Cavalinhos e terá João Sobral como convidado. O principal objectivo será fornecer conhecimentos específicos sobre a técnica de representação para imagem. No final, o aluno deverá possuir um método para a boa execução da personagem.

 

Dirigido a jovens entre os 18 e 35 anos com forte motivação para aprender a arte de representar, este workshop com duração de 24 horas aborda a questão do actor e da imagem, das marcações e movimentações no plano e no set, olhares e eixos. A filmagem em continuidade multi-câmara e filmagem descontinua com uma câmara, a importância da relação em equipa, quer com realizador como com os restantes actores
O espaço do decor, guarda-roupa, caracterização e adereços da personagem. Serão ainda efectuados exercícios práticos que serão gravados e visionados. Como trabalho final será estudado e memorizado um guião escolhido para trabalho final.

 

Cristina Cavalinhos formadora deste workshop, é licenciada em teatro e educação pela “Escola Superior de Teatro e Cinema” em Teatro, trabalhou como actriz com vários encenadores: Miguel Falabella, António Pires Cristina Carvalhal, Francisco Salgado, Alfredo Brissos, Álvaro Correia, João Mota, Adriano Luz, Gastão Cruz, Elisa Lisboa, Luís Miguel Cintra, Fernando Gomes, entre outros. Em Televisão participou em dezenas de séries e telenovelas, destacando dos seus trabalhos “Damas e Valetes” (TVI), “T2 para 3”, (RTP e Internet), “Deixa-me Amar” (TVI), “Liberdade 21” (RTP), “Vingança” (SIC), “Aqui Não Há Quem Viva!” (SIC), “Floribella” 1 e 2 (SIC), “Morangos com Açúcar” (TVI) além de várias séries de Moita Flores, Nicolau Breyner e Herman José. No Cinema, destaca-se “A Passagem da Noite”, de Luís Filipe Rocha, “Só Por Acaso”, de Rita Nunes e “Os Cavaleiros de Água Doce”, de Tiago Guedes, SIC. Tem ainda percurso significativo em Publicidade, Dobragens, Direcção de Actores e no ensino artístico.

João Cabral tem licenciatura em teatro do Conservatório Nacional de Lisboa (1980-85). E frequenta o mestrado de teatro da ESAD. Em 1982 começou a sua actividade como actor. Em televisão salienta o seu trabalho nas produções "Mau Tempo no Canal", "A Banqueira do Povo", "Jornalistas", "A Mulher do Ministro", "Jura". No cinema participou em filmes de João Canijo, Rosa Coutinho Cabral, Fernando Lopes, Jorge António, Fernando Matos Silva, Francisco Manso. No teatro participou em peças encenadas por Mário Feliciano, Rosa Coutinho Cabral, Carlos Avilez, Diogo Dória e José António Pires, entre outros.

Dirigiu e encenou o Grupo de Teatro do ISCSP. Foi professor de Expressão Dramática na Escola Secundária Passos Manuel. Fez parte das equipas de dobragens de Teresa Madruga e de Teresa Sobral. Dirige o grupo Ultimato de Teatro universitário da FPCEUL.

 

LINKS
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cristina_Cavalinhos


PREÇO
Inscrição - 50€
Geral + 170 €

| comunidade restart: 20% desconto
| dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
| parceiros restart: 10% desconto

(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até uma semana antes do início